domingo, outubro 10, 2010

Voltando a história.

Na eleição de 2002, a primeira pesquisa dava em votos válidos:

Lula 64 x 36 Serra.

O Primeiro turno tinha acabado com Lula 46, Serra 23, Garotinho 17 e Ciro 11. E a eleição foi decidida com 61 x 38.

 

Na eleição de 2006, a primeira pesquisa dava em votos válidos:

Lula 54 x 46 Alckmin

O primeiro turno tinha acabado Lula 46, Alckmin 43 e Heloisa 6. A eleição acabou com 60 x 39

 

Hoje, o primeiro turno acabou com Dilma 47, Serra 32 e Marina 19. A tendência até agora é da migração de 50% dos votos de Marina para Serra e 22 % para Dilma. O que explica a atual pesquisa Dilma 54 x Serra 46 dos votos válidos. Se a tendência continuar, Dilma ganhará por um focinho, dessa vez não está claro o engajamento social anti-tucano, como foi nos casos de 2002 e 2006.

Se estabelecemos que 51% dos votos de Marina vão para Serra e 22% para Dilma, o resultado  seria 69,86% para Serra e 30,1% para Dilma.

Considerando que a pesquisa mostra 3% de votos migraram para Serra, o resultado seria 48,27 para o tucano e  51, 72 para a petista.

Uma diferença dentro da própria margem de erro, ou seja, sem qualquer critério científico  e baseado na pesquisa da datafolha, a eleição nunca esteve tão favorável a José Serra.

Considerando que hoje Dilma só ganha em uma região, não chegou aos 50% do eleitorado, como Lula havia chegado na primeira pesquisa de 2006, com 51%. Antes, Lula cresceu a diferença na primeira pesquisa, outro fato inédito desta pesquisa em relação as outras eleições.

Em 2002, os dois outros candidatos viraram para Lula, a tendência era dos eleitores de Ciro 48 x 37 em Lula e os de Garotinho 48 x 40 em Lula.Em 2006, a proximidade de Heloisa era mais com Lula do que com Serra.  Bem diferentes do quadro atual que apontam 51 x 22 para Serra.

Hoje, com o crescimento da participação evangélica, os votos são mais dos 15 por cento que se voltaram para Serra. Quem duvida desse setor é só comparar a votação de Marina 44 % contra a de Gabeira 22% no Rio de Janeiro, estado com alto número de engajamento evangélico.

 

A próxima pesquisa deverá mostrar qual é tendência hoje, se é mesmo o crescimento de Serra e saturação de Dilma, ou se mais uma vez Lula consegue virar de novo uma eleição.

Um comentário:

Sandro disse...

Graça e paz, sempre!

Passei por aqui para conhecer seu blog.
Estou procurando bons blogs para compartilhar.

Já estou te seguindo.

Ficaria muito feliz se puder me visitar.
Se quiser me seguir também será um prazer para mim.

Abraço em Cristo,

Sandro
http://oreinoemnos.blogspot.com/
Te espero lá.